Daqui a pouco o salário maternidade só para a festa de aniversário

14/02/2020

A incompetência, e o fato do desmonte do INSS está cada dia mais evidente. Um Benefício que era concedido em 20 minutos hoje leva meses. 108,3 mil mulheres, aguardam há mais de 45 dias a concessão de salário maternidade. A maioria delas não teve sequer o requerimento analisado. Todas as trabalhadores rurais, autônomas e as domésticas, estão passando sérias dificuldades, sem receber o benefício. As trabalhadoras formais solicitam o benefício diretamente na empresa e, portanto, recebem o salário pago direto pelo empregador durante o afastamento. Depois, o governo compensa os empregadores. A volta as filas do INSS, coincide com a drástica redução de investimentos em políticas públicas. A atual administração não investe em tecnologia nem em equipamentos para atender dignamente a população e cortou concursos públicos até para repor os servidores que se aposentaram, morreram ou partiram para outras carreiras. O quadro dos servidores caiu de 33 para 23 mil. O que impressiona no descaso é que, grande parte dessas pessoas podem ter em algum desses benefícios a sua única fonte de renda. O pobre cada vez mais pobre