Empresa da ex de Wassef já oferece serviço ao Banco Central desde 2010

21/06/2020

A Dinamo Networs por meio de nota, grupo empresarial da ex esposa de Fred Wassef que vai cuidar da criptografia do sistema de pagamento instantâneo do Banco Central. Informou "influência para conquistar contratos junto ao setor público. Os serviços da companhia contratados por órgãos governamentais passaram por todos os devidos processos licitatórios, em respeito à todas as normas de transparência e compliance. A Dínamo é fornecedora de infraestrutura de criptografia para o Banco Central desde 2010. Em outubro de 2019, venceu o certame para venda de hardware de criptografia para o PIX depois de participar de um pregão eletrônico que contou com 506 lances de desconto e foi finalizado por R$ 1.345.600,00. Isso representou uma redução de 68% do valor orçado para a contratação, que gerou R$ 2.893.641,00 de economia ao Banco Central. A empresa ressalta ainda que a sua solução é líder no mercado brasileiro no segmento de criptografia e segurança de dados. Usada pela maioria dos bancos e instituições financeiras privadas e públicas do país, é a solução mais barata em comparação aos seus concorrentes internacionais. Com ênfase, a Dínamo informa que o setor privado responde por 80% do resultado da empresa". Uma informação a bem da verdade, já que alguns veículos de imprensa divulgaram beneficiamento da Dínamo no certame.