Brasil abdica de candidatura a presidência do BID em submissão ao governo Trump

19/06/2020

Apesar do governo americano ter jogado um balde de água fria nas pretensões do Brasil de indicar um candidato a presidência do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e lançar a candidatura americana, o presidente Bolsonaro mais uma vez lambe as botas do governo Trump e apoia o candidato americano, abdicando do candidato próprio. O Itamaraty divulgou Nota Oficial dizendo que "recebeu positivamente o anúncio firme da candidatura americana ao comando do BID". O texto continua "O Brasil e os Estados Unidos compartilham valores fundamentais, como a defesa da democracia, a liberdade econômica e o Estado de Direito. O Brasil defende uma nova gestão do BID condizente com esses valores e com o objetivo maior de promoção do desenvolvimento e da prosperidade na região".