Até aqui nos ajudou o Senhor

Novo programa "A rachadinha legal" participe

24/11/2019

A Oficialização da 'rachadinha' pode esta mais próximo do que se imagina. Uma prática comum que sempre foi realizada às escuras, às escondidas em alguns gabinetes, e que se tornou evidente depois do caso envolvendo o ex assessor do então deputado Flávio Bolsonaro, Fabricio Queiroz na ALERJ. numa movimentação atípica e mais de R$ 1,2 milhões de reais. Líderes partidários estudam uma proposta que poderá tornar legal a taxação de 3% dos salários de todos os deputados e seus assessores, para os partidos políticos. A medida poderá arrecadar cerca de R$ 2 milhões a cada ano e oficializara a rachadinha. Como diz um adágio popular "não demora, todos vão achar normal o poste fazer xixi no cachorro". Pois tudo que é ilegal ou ilícito, tem virado proposta de medida de aceitação.