Delegada da PF assina documento com pedido para cancelar operação contra parlamentares

20/06/2020

Uma manifestação da Polícia Federal, assinada pela delegada Denisse Dias Rosas Ribeiro, causou muita estranheza ao STF, por se tratar de um pedido para postergar ou cancelar a operação deflagrada contra parlamentares, empresários e apoiadores bolsonaristas suspeitos de envolvimento em atos antidemocráticos. A estranheza do fato é que a Polícia Federal não tem a atribuição de opinar sobre essas ações, pelo contrário é obrigada a cumprir mandados expedidos pelo Judiciário e não tem a atribuição de opinar sobre essas ações. Segundo fontes do STF, após o ocorrido, Moraes analisa um pedido da PGR para afastar a delegada do caso. Lembrando que essas ações foram realizadas a pedido da PGR (Procuradoria Geral da República), sob suspeita de que esses atos ocorriam de forma orquestrada em conjunto com empresários e parlamentares.