Abandono a vista

31/01/2022

Antes do que se esperava, existia uma previsão que até março o presidente iria perder pelo menos 40% de seu apoio politico à reeleição. Já está ruindo por toda parte, e não só no Nordeste, o apoio de partidos do Centrão à pretensão de reeleição do presidente. Líderes do PP, PL e Republicanos teimam em dizer que o apoio continua de pé, mas não têm forças para garanti-lo. Os líderes partidários compreendem que não tem como obrigar as seções estaduais dos partidos a respeitarem acordos que eles fizeram por cima, os poderosos dos partidos sabem que as eleições passam, mas os partidos permanecem que não vale a pena se indispor com suas bases. O apoio ao presidente certamente será uma recomendação, sem imposição. Enquanto os demais já se declararam pré-candidatos, Lula não admite até agora [o que todos sabemos] que será candidato, mas aos poucos vai escalando seu ministério caso se eleja. No PT, conta-se com um convite que Lula fará em breve a Kassab para que faça parte do comando de sua campanha. Enquanto isso, a chamada terceira via, ainda é um projeto que não dá sinais de ser capaz de romper a polarização entre Lula e Bolsonaro. As pesquisas mais atuais, revelam que no voto espontâneo, aquele onde o eleitor escolhe o candidato que sem lhe seja dado nenhuma opção, o nome do candidato Lula, parece cada vez mais consolidado. Os dados [lembrando que a pesquisa é a visão do momento], afirmam que só um fato imprevisto, e de grandes proporções, será capaz de dar um novo rumo à eleição presidencial de outubro próximo. Se não liquidar a eleição no primeiro turno, Lula enfrentará Bolsonaro no segundo. Reiteramos nosso convite para a partir de março, voce participar com a gente de nosso novo espeço "Eleições 2022" . Fatos, opiniões e sua participação. Em março, venha Ficar de Olho!