Até aqui nos ajudou o Senhor

ATITUDES DO PRESIDENTE PÕE FIM AO ACORDO UE x MERCOSUL QUE ESTAVA A UM PASSO DE CONCRETIZAR-SE DEPOIS DE 20 ANOS. DE VOLTA AO INÍCIO...

09/10/2019
Foto Divulgação/JORGE SILVA Reuters Presidente da França, Emmanuel Macron, premiê da Espanha, Pedro Sanchez, chanceler da Alemanha, Angela merkel, presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e presidente da Argentina, Mauricio Macri.
Foto Divulgação/JORGE SILVA Reuters Presidente da França, Emmanuel Macron, premiê da Espanha, Pedro Sanchez, chanceler da Alemanha, Angela merkel, presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e presidente da Argentina, Mauricio Macri.

O tão festejado acordo entre UE e o Mercosul, pode não ter passado de mais uma Fake do governo. A ministra do Ambiente da França, Élisabeth Borne, disse que a França não vai assinar o acordo entre a União Europeia e os países do Mercosul nas "condições atuais". "Não podemos assinar o acordo de comércio com um país que não respeita a floresta amazônica, que não respeita o Acordo de Paris. A França não vai assinar o acordo Mercosul nestas condições", explicou a ministra.No mês passado o Parlamento da Áustria já tinha votado contrário ao acordo. O presidente da França, Emmanuel Macron, disse ser contra o acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul, citando o que ele alegou ser a incapacidade do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, de combater os incêndios florestais e as mudanças climáticas. É verdade que no fim de junho, os dois blocos econômicos concordaram com os termos do acordo, com o objetivo de intensificar a cooperação econômica e impulsionar o crescimento sustentável. Mais diante da queimadas sem controle da Amazônia e as falas do presidente Bolsonaro, cheia de ódio contra tudo e contra todos, mudaram os rumos da história de um acordo tem estado em negociação há quase 20 anos.