Deputada Bia Kicis tem publicações negacionistas removidas do Instagram

03/02/2022

A deputada federal Bia Kicis , presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Casa e uma das mais fiéis apoiadoras do presidente, foi punida pelo Instagram ontem (02) em razão da publicação de conteúdos negacionistas. Foi a própria deputada que divulgou em suas redes sociais a punição. Segundo Kicis, o Instagram a impediu de realizar transmissão ao vivo na Câmara dos Deputados por ter violado diretrizes da rede. "As publicações da sua conta foram removidas recentemente por irem contra nossas Diretrizes da Comunidade, portanto, o compartilhamento de vídeos ao vivo foi temporariamente bloqueado", diz alerta exibido à deputada, que classificou a medida como "censura". Enquanto isso nós voltamos à mesma explicação de sempre. Todas as plataformas têm diretrizes que aceitamos tacitamente no momento que aderimos ao serviço, por essa razão, a qualificação de censura não se enquadra nessa situação. A deputada já reiteradamente fez publicações que questionam a eficácia da vacinação contra a Covid-19 e que atacam a imunização infantil. Embora tenha realizado a vacinação em massa com sua vacina própria, a Soberana, nenhuma morte pediátrica foi registrada em Cuba desde o final da campanha de vacinação. Mais de 1,6 milhão de crianças foram vacinadas, com mais de 3,3 milhões de doses aplicadas, e nenhuma morte pediátrica foi relatada. Só a título de esclarecimento