Até aqui nos ajudou o Senhor

Os cuidados com o coronavírus são essenciais, mais não esqueça o Aedes aegypti esta a solta

29/02/2020

Embora o Covid19 seja o vírus do momento, um velho conhecido nosso está vivo e agindo fortemente em 2020, trata-se das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Dengue - Zika e Chikungunya. O mais recente boletim epidemiológico do Ministério da Saúde com dados sobre a dengue aponta que o número de casos prováveis da doença, aqueles que são notificados à pasta pelos Estados, cresceram 19% nas cinco primeiras semanas do ano em comparação com o mesmo período de 2019. Já foram notificados 94.149 casos prováveis até a quinta semana do ano (mais precisamente de 29/12/2019 a 01/02/2020), no mesmo período no ano passado as notificações foram 79.131. Já foram confirmados 14 mortes pela infecção no país. Esses números ainda podem mudar, conforme chegam as análises laboratoriais em todos os níveis, municipal, estadual e federal. Para se ter uma ideia, os dados acima ainda não compilaram as informações locais de fevereiro. O ministério já trabalha com um cenário de aumento de casos de dengue para este ano, e alguns municípios e Estados pelo país decretaram alerta para uma epidemia de dengue, que é definida quando há uma taxa de 300 casos confirmados de doença para cada 100 mil habitantes.