Até aqui nos ajudou o Senhor

Membros da cidade italiana de Anguillara Veneta querem caçar homenagem feita pela prefeitura da cidade ao presidente da Republica

05/02/2022

Com o argumento de que o presidente tem suas origens na cidade italiana de Anguillara Veneta, a prefeitura resolveu conceder ao presidente uma grande honraria. Há três meses em uma viagem à Itália, o presidente recebeu o Título Cidadão Honorário da Comuna. Agora, moradores da cidade e membros do Partido Europa Verde acionaram a Justiça com a apresentação de uma ação popular pedindo que seja anulada a homenagem. A ação popular pedindo a revogação da homenagem foi protocolada no tribunal de Padova no final de janeiro pelos advogados Donato Lettieri, Lucia Colangelo e Giovanni Colangelo, ligados ao partido Europa Verde. O documento de 23 páginas denuncia a prefeita de Anguillara Veneta, Alessandra Buoso, e oito vereadores que compõem o quadro de seu governo. A ação pede que a honraria seja considerada ilegítima ou nula, pois a identidade e imagem da prefeitura foram lesados após terem sido associadas a expressão de valores conflitantes com os valores históricos, tradicionais e culturais do município de Anguillara Veneta". A pequena comuna na província de Pádua, foi onde nasceu o bisavô do presidente. Por essa conexão, o mandatário recebeu o título de cidadão honorário da cidade. Membros da comunidade se colocaram contra a concessão da honraria.