Ministra Tereza Cristina cede as investidas e aceita ser vice agora só falta convencer o presidente

13/02/2022

Se for esta a vontade do presidente, a ministra Tereza Cristina será candidata a vice na chapa dele à reeleição. Ela vinha sendo assediada por políticos em geral e alguns colegas do governo e cedeu às investidas. A ministra tem muito a perder, ela teria uma eleição quase certa como senadora pelo Mato Grosso do Sul. O agronegócio a ama. Além do mais, a ministra é uma reserva, já que o presidente teima em escolher outro militar para seu vice. O mais cotado é o general Braga Netto, ministro da Defesa e até o ministro chefe do GSI general Heleno, segue na fila. Mas ministros que o cercam esperam que ele mude de opinião, o que, em se tratando do presidente, não é tão difícil assim.