Ministros começam a repensar se entram na disputa politica à cargos majoritários com o apoio do governo

07/02/2022

A baixa popularidade do presidente e sua dificuldade de crescer começaram a fazer ministros de seu governo repensar se de fato vão disputar cargos majoritários, como de senador e governador. Neste grupo, estão, por exemplo, Fábio Faria, do Ministério das Comunicações, e Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional. Os dois políticos do Rio Grande do Norte já sabiam que teriam dificuldade de disputar juntos ao mesmo cargo, e avaliavam quem iria concorrer ao quê. Agora, os dois consideram a possibilidade de disputar a Câmara. Faria é deputado federal e Marinho foi derrotado em 2018, quando concorreu ao Senado. A ministra da Agricultura Tereza Cristina, também avalia com cuidado o cenário no Mato Grosso do Sul. Atualmente no DEM, ela estuda qual será seu destino partidário, até algumas semanas atrás, ela estava certa de que tentaria se eleger senadora, mas agora considera se o mais seguro não seria  tentar novamente uma vaga na Câmara ela, a exemplo de Faria, também é deputada.