Até aqui nos ajudou o Senhor

Situação da sinalização horizontal de Juiz de Fora é noticia em jornal da cidade

05/10/2019
Fotos Divulgação/\Arquivo Olavo Prazeres
Fotos Divulgação/\Arquivo Olavo Prazeres

O Jornal Tribuna de Minas, ao longo das últimas semanas, coletou uma série de relatos sobre as condições das sinalizações horizontais na cidade de Juiz de Fora e o resultado é assustador, principalmente nas faixas de pedestres e avisos de redução de velocidade nas vias públicas de Juiz de Fora. O problema entretanto se repete em todas as regiões da cidade e, frequentemente, coloca os transeuntes em risco de acidente. Em 2019, conforme a assessoria da Secretaria de Transportes e Trânsito da Prefeitura de Juiz de Fora (Settra/PJF), o investimento municipal em sinalização horizontal foi de R$ 903.167,41. No entanto, alguns representantes comunitários reclamam de demora da pasta no atendimento às solicitações da população, bem como na manutenção de trechos deteriorados da pintura nas ruas da cidade. 

Fotos Divulgação/\Arquivo Olavo Prazeres
Fotos Divulgação/\Arquivo Olavo Prazeres

Não é preciso ir longe para verificar faixas de pedestres parcialmente ou totalmente apagadas. Isso de norte a sul da cidade, segundo os moradores e líderes comunitários diversos pedidos de manutenção ou pintura de novas sinalizações já foram protocolados na Settra para intervenções em alguns pontos, mas poucos foram atendidos. Em nota, a Settra informou que "os serviços de sinalização horizontal e vertical são executados após levantamentos técnicos realizados no local". De acordo com a pasta, as demandas são atendidas definindo prioridade para áreas com maior volume de tráfego e desgaste, que influi na durabilidade da sinalização. De acordo com o levantamento da Tribuna a realidade e outra pelo que aparece a qualidade do produto utilizado influi diretamente na durabilidade do serviço é o famoso "menor preço por item' daS licitações, onde depois da venda concluída o vendedor não dá nenhuma garantia do produto.