Até aqui nos ajudou o Senhor

Ingerência absurda pode implodir a Polícia Federal

17/08/2019

A ingerência que o presidente está efetivando na Polícia Federal pode desencadear uma crise sem precedentes no órgão. A PF já avisou que não vai aceitar indicação de "cima para baixo" que embora o presidente possa vetar qualquer nome para as superintendências regionais, a indicação é uma prerrogativa do diretor-geral da instituição. A superintendência do Rio de Janeiro pode "implodir" caso o ministro ceda a uma interferência do Planalto, que a PF não agira como os colegas da Receita Federal, que vêm sendo atacados pelo presidente constantemente sem reação. Dirigentes da PF já colocam a situação desta forma "para Moro só restariam duas alternativas. Uma é aceitar os desmandos do presidente e perder o controle da Polícia Federal. A outra é rejeitar a interferência e pedir demissão do cargo". Quando falamos que de bobo Bolsonaro não tem nada, e que tudo que faz é estrategicamente pensado, bem diferente do que tudo que diz, que é uma verdadeira diarreia. Bolsonaro encolheu ainda mais Sérgio Moro quando declarou que "quem manda" no governo é ele, referindo-se à troca no comando da Polícia Federal no Rio. "Quem manda sou eu. Deixar bem claro. Eu dou liberdade para os ministros todos, mas quem manda sou eu", disse. O super ministro está sim perdendo seus super poderes.