Até aqui nos ajudou o Senhor

Comissão Parlamentar Mista de Inquérito das Fakes News, quer ouvir o vereador Carlos Bolsonaro. Será?

11/09/2019

O presidente da CPMI das fake News, senador Ângelo Coronel (PSD), fez uma ameaças ao vereador Carlos Bolsonaro. Ele disse: "Farei uma pergunta muito simples [a Carlos]: você usou fake news para depreciar adversários durante as últimas eleições? Se você mentir, eu posso lhe dar voz de prisão". Como comandante da CPMI, Coronel pode sim dar voz de prisão caso entenda que o depoente está mentindo. Carlos Bolsonaro foi o principal articulador das redes sociais do pai candidato durante as eleições presidenciais, por esta razão será chamado pela CPMI. Coronel ainda disse: "ansioso por ficar frente a frente com o filho de Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro" e lembrou que durante o depoimento para o qual será convocado pela relatora, deputada Lídice da Mata Carlos não poderá mentir, sobres as acusações de divulgar fake news nas redes sociais. Antes porém, é preciso que ele atenda e compareça a convocação. Será?