Até aqui nos ajudou o Senhor

Tô certo... ou tô errado?

09/07/2019
A foto do desconforto coletivo.
A foto do desconforto coletivo.

No dia (5) o presidente resolveu cutucar a onça com vara curta, quando em tom provocativo, disse que iria com Moro ao Maracanã e que "O povo vai dizer se estamos certos". E de acordo com o povo, a resposta foi dada. Neste domingo (7), no Maracanã, o povo deu uma vaia histórica. Bolsonaro tentou buscar abrigo no que imaginava ser um grande apoio popular a ele. "Pretendo domingo não só ir assistir à final do Brasil com Peru, bem como, se for possível, se a segurança me permitir, irei com o Sérgio Moro junto ao gramado. E o povo vai dizer se nós estamos certos ou não", algumas notas da imprensa tentam equilibrar o peso das vaias e aplausos. O que se deu no estádio foi uma revolta estrondosa da população. Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, "quando entrou no gramado com sua comitiva de ministros, o presidente foi recebido com vaias e aplausos - da tribuna de imprensa foi possível ouvir mais vaias, mas também houve muitos aplausos, que podem ter prevalecido de outros pontos do estádio". Nossa reportagem observou também "Ao final da cerimônia, quando a comitiva caminhou pelo gramado rumo ao túnel de saída, as vaias foram praticamente unânimes". Alguns jogadores se recusaram a apertar a mão do presidente. Quem fala o que quer, passa pelo constrangimento desnecessário que não quer. 

Como dizia um personagem da novela Roque Santeiro Escrita por Dias Gomes e Aguinaldo Silva. Sinhozinho Malta, vivido por Lima Duarte " Tô certo... Ou tô errado?"