Até aqui nos ajudou o Senhor

Ex-goleiro Bruno Fernandes tem beneficio semi aberto restabelecido

20/07/2019
Foto Divulgação/Arquivo Internet
Foto Divulgação/Arquivo Internet

Bruno Fernandes, ex goleiro do Flamengo, condenado a 20 anos de prisão pela morte de Eliza Samudio, foi autorizado pelo TJ-MG a cumprir o restante da pena em regime semiaberto. Em fevereiro deste ano o goleiro foi flagrado em um bar ao lado de algumas mulheres, o que gerou um registro de falta grave em sua conduta e a perda do benefício naquela ocasião. Agora, uma decisão do do juiz Tarciso Moreira de Souza, da 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais de Varginha, afirmou que Bruno apresentava condições plenas ao benefício de progressão de pena por seu bom comportamento durante o período em que estava preso, além a exclusão da anotação de falta grave de seu registro. "A presunção é de que o reeducando já se encontra apto à reinserção à vida social, o que foi observado pelo atestado de conduta carcerária", escreveu o juiz na decisão. Com o aval da Justiça, Bruno poderá cumprir o restante da pena em casa, podendo trabalhar durante o dia, porém deverá seguir uma série de normas impostas pelo juiz, como se apresentar mensalmente à Justiça e está proibido de frequentar bares e boates, além de ter que estar em sua residência após às 20h.