Até aqui nos ajudou o Senhor

A raposa tomando conta do galinheiro

15/08/2019
Maia afirma. PL não sera usado contra a indicação de Eduardo Bolsonaro
Maia afirma. PL não sera usado contra a indicação de Eduardo Bolsonaro

A Comissão de Trabalho de Administração e Serviços Públicos da Câmara aprovou ontem (14), o PL 198/19 que proíbe o nepotismo na administração pública federal. O PL recebeu uma emenda do deputado Kim Kataguiri, que foi mais além, transformando em nepotismo a nomeação de parente de autoridade para os cargos de ministro de Estado e embaixador. Em se tratando de um PL precisa seguir para aprovação do Senado e para sanção presidencial. Significa dizer que provavelmente será mais um PL que morre no nascedouro, isso porque o PL precisa agora ser analisado pela CCJ da Câmara, formada por maioria do PSL, partido do presidente e que Eduardo é o presidente em São Paulo. Que o presidente Jair Bolsonaro anunciou que será indicado para comandar a Embaixada do Brasil nos Estados Unidos. O cargo de embaixador não precisa ser ocupado por um diplomata é sua justificativa. Sustentamos e repetimos que o fato principal da questão não é Eduardo, também ser Bolsonaro, nem que sua nomeação vai de encontro aos princípios constitucionais da impessoalidade e da moralidade. O fato é, o candidato não cumpre os requisitos legais para ocupar o cargo e não reuni qualificações técnicas para isso.