Até aqui nos ajudou o Senhor

A amazônia precisa de proteção. Meu nome e Enéas

18/08/2019

O que diria o Ilustre professor e Dr. Enéas Carneiro, se vivo estivesse e ouvisse uma de suas brilhantes intervenções em favor da Amazônia sendo utilizadas como justificativa para a maior política de destruição já imposta a região. "Vamos acabar com essa farsa. Vamos proteger o que é nosso. Vamos proteger a Amazônia dos alienígenas. Vamos prestigiar, equipar e remunerar bem nossas Forças Armadas para que elas possam voltar a atuar na proteção da segurança do território nacional. Os estrangeiros não estão preocupados realmente com a preservação da Amazônia e com os indígenas, e sim com seus recursos naturais", defendia Enéas em um vídeo que o presidente garimpou nos arquivos da net. Em momento algum o Dr. Enéas legitima a intenção do presidente de entregar a área aos empresários, especialmente do agronegócio. O que o vídeo traz, e isso neste momento faria diferença e uma indicação para "equipar e remunerar bem nossas Forças Armadas para que elas possam voltar a atuar na proteção da segurança do território nacional" pois desde o início do governo Bolsonaro os fiscais do Ibama não conseguem fiscalizar queimadas na região amazônica por falta de apoio da Força de Segurança Nacional e das polícias estaduais. Enquanto isso, fazendeiros promovem "O dia do fogo". Com a palavra o governo federal