Até aqui nos ajudou o Senhor

Assim tá fácil 

10/08/2019
Foto Divulgação/Arquivo Internet
Foto Divulgação/Arquivo Internet

Em 2006, após uma denuncia de que filhos e netos do ex-presidente Lula teriam recebido passaportes diplomáticos a então presidente Dilma, junto com membros do Itamaraty e do Ministro das Relações Exteriores a época, divulgou então uma portaria que regulamentava a expedição do documento. O decreto 5.978 de dezembro de 2006 garante o benefício do passaporte a presidentes, vices, ministros de Estado, parlamentares, chefes de missões diplomáticas, ministros dos tribunais superiores e ex-presidentes. Cônjuges e dependentes até 21 anos (24 anos caso seja estudante) ou portadores de deficiência também têm direito ao passaporte. No entanto, a legislação permite que o ministro de Relações Exteriores autorize a expedição do documento em caráter excepcional e em função de interesse do país. Agora O Ministério das Relações Exteriores usando desta prerrogativa, concedeu passaporte diplomático o "Passaporte Vermelho" ao pastor evangélico Valdemiro Santiago de Oliveira e à sua mulher, bispa Franciléia de Castro Gomes de Oliveira, antes os também Pastores RR Soares e Edir Macedo e esposas, também ja haviam recebido o documento. A decisão foi publicada ontem (9) no Diário Oficial da União. Segundo o decreto assinado pelo chanceler Ernesto Araújo, "ao portar passaporte diplomático, seu titular poderá desempenhar de maneira mais eficiente suas atividades em prol das comunidades brasileiras no exterior". O documento vale por três anos e entre as vantagens, quem o possui tem acesso à fila de entrada separada e tratamento menos rígido nos países com os quais o Brasil tem relação diplomática. Em alguns países que exigem visto, o passaporte diplomático o torna dispensável. O documento é emitido sem nenhum custo para a autoridade e seus dependentes. Agora o pastor Valdemiro Santiago de Oliveira e à sua mulher, bispa Franciléia de Castro Gomes de Oliveira, "poderão desempenhar de maneira mais eficiente suas atividades em prol das comunidades brasileiras no exterior???"