Até aqui nos ajudou o Senhor

Juiz da 3ª Vara Federal de Niteroi RJ, suspende decisão de reitor da UFF e encontro #MoroMente acontece

24/09/2019
Foto Divulgação/Arquivo Internet
Foto Divulgação/Arquivo Internet

O que não faltaram foram tentativas para barrar a realização do ato "#MoroMente",  até o ministro da Educação Abraham Weintraub entrou no assunto e 'gentilmente' solicitou ao reitor da Universidade Federal Fluminense (UFF) Antonio Claudio Lucas da Nóbrega que proibisse a realização do evento. Entretanto em mais uma derrota para o governo O juiz José Carlos da Silva Garcia, da 3ª Vara Federal de Niterói, suspendeu a decisão do reitor e manteve o ato para esta segunda (23), às 19 horas. Em seu despacho, o magistrado lembrou que o Supremo Tribunal Federal já havia decidido "categoricamente" pela "absoluta liberdade de manifestação e expressão no âmbito das universidade, mesmo e inclusive para manifestar preferência ou repúdio de natureza político-ideológica, ou mesmo partidária". Fica claro que o papel das UFs é sem dúvida levantar as questões que a sociedade está exigindo. O diretor da Faculdade de Direito da UFF Wilson Madeira Filho lembra que a faculdade e considerada a melhor faculdade de Direito do país, e até mesmo por isso, não pode deixar de fazer um debate crítico como sempre fez, e que a transformou na melhor. É lamentável que se tenha que ir à justiça para garantir o direito de universitários aprenderem e exercitarem o direito ao livre pensamento. Uma das principais colunas da democracia.