Até aqui nos ajudou o Senhor

ALERTA! A Caixa Econômica Federal alerta os saques Pis/Pasep começa na sexta-feira (13) mas os golpes já estão aí Fique esperto!

12/09/2019
Foto Divulgação/Arquivo Internet
Foto Divulgação/Arquivo Internet

Começa nesta sexta-feira (13) o saque de ate R$500 do FGTS nas agências da Caixa Econômica Federal e Lotéricas em todo país. Nem bem começou os saques os malandros de plantão já deram início a um golpe contra os beneficiários. Mensagem estão circulando via WhatsApp, emails e SMS, com perguntas como: "Deseja sacar todo seu FGTS?" ou "Você sacou algum valor do FGTS nos últimos 3 meses?". Ao clicar no link sugerido, o usuário expõe seus dados e é induzido a compartilhar a mensagem com amigos. Em outro golpe, identificado pela Eset, empresa de segurança digital, são divulgadas informações falsas sobre um pagamento retroativo de R$ 1.760 do FGTS. A vítima é induzida a passar seus dados pessoais e a compartilhar o link. De acordo com números da Proteste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor), em apenas dois dias, mais de 130 mil pessoas foram atingidas por um dos golpes do FGTS no WhatsApp. O diretor do laboratório especializado em segurança digital da PSafe, Emilio Simoni diz que "Somente neste mês, foram 19 páginas criadas com o objetivo de roubar a senha do cartão cidadão e dados do PIS/Pasep dos brasileiros. Dessas, seis estão no ar neste momento, sendo enviadas via SMS e redes sociais". As recomendações são na realidade sempre as mesmas, não tenha olho-grande "A Caixa Econômica Federal esclarece que não envia mensagens sobre saques das contas vinculada ao FGTS ou que solicite senhas, dados ou informações pessoais do trabalhador. O banco orienta que os trabalhadores busquem informações sobre FGTS disponíveis nos canais oficiais da CAIXA, na internet, no endereço https://www.fgts.caixa.gov.br no APP FGTS ou no telefone 0800-726-0207, ou em suas agências. A CAIXA alerta os trabalhadores contra golpes e informa que não envia links ou pede confirmação de dispositivo ou acesso à conta por e-mail, SMS ou WhatsApp." As empresas de segurança digital dão o alerta, desconfie sempre de mensagens com links incorporados, que na maioria das vezes são enviados pela sua mãe, do seu irmão e no grupo de família. Em nota, a assessoria de imprensa do Procon, orienta, "caiu no golpe", procure o mais rápido possível a autoridade policial para lavrar boletim de ocorrência.