Até aqui nos ajudou o Senhor

Cão farejador encontra 523 Kg de cocaína

02/07/2019
Foto Divulgação/Arquivo RF
Foto Divulgação/Arquivo RF

Uma sugestão ao GSI retire todos os caros equipamentos das Bases Aerea do país e voltem para o bom e barato cão farejador. A Receita Federal apreendeu, com a ajuda de um cachorro, mais de meia tonelada de cocaína, neste domingo (30), no Porto de Santos, no Estado de São Paulo. De acordo com o órgão, os 523 kg da droga foram localizados durante uma ação rotineira de vigilância. A operação conta com monitoramento por câmeras interligadas à Central de Operações e Vigilância da Alfândega de Santos, atuação de servidores no local para verificação de campo e o uso de cães de farejadores, que possibilitaram a identificação de um contêiner com indícios de violação. Tratava-se de uma carga de tambores de suco de laranja congelado, acondicionados em três contêineres, cujo destino final seria o porto de Roterdã, na Holanda. No contêiner, foram encontradas, junto à porta, 12 bolsas contendo tabletes de cocaína. A Receita suspeita que, pela disposição das bolsas no interior do contêiner, a técnica "rip-on, rip-off" tenha sido usada, uma vez que a droga é inserida em uma carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores. A droga interceptada ficará sob a guarda da Delegacia de Polícia Federal de Santos, que prosseguirá com as investigações.