Até aqui nos ajudou o Senhor

Nossos mais sinceros pêsames a família Bombeiro Militar

30/10/2019
Foto Divulgação/Arquivo Gladyston Rodrigues D.A Press
Foto Divulgação/Arquivo Gladyston Rodrigues D.A Press

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, perde uma referência da corporação no encontro de pessoas desaparecidas. Morreu no sábado (26) o cão Thor, o animal da raça border collie tinha 5 anos e em vida participou de salvamentos importantes, Thor esteve presente no desastre de Mariana e Brumadinho, auxiliou os militares no desabamento no Bairro Mantiqueira, em Venda Nova e atuou ainda nas busca do alpinista Francês Eric Welterlin, que se perdeu na Serra da Mantiqueira. Thor passava por tratamento veterinário desde o aparecimento dos sintomas de uma pancreatite que se complicou e juntamente com outros quadros o levou a morte. A família Bombeiro Militar em todo o país, certamente encontram-se consternadas e enlutadas pela perda desse integrante que nunca foi considerado como apenas um cão e sim como um bombeiro militar que verdadeiramente era", se posicionou a corporação. Thor foi cremado em cerimônia fechada. A corporação informou que não disponibilizará fontes para falar sobre o cão, pois "os militares pertencentes ao canil do Corpo de Bombeiros" estão altamente sensibilizados e emocionados com a perda.