Até aqui nos ajudou o Senhor

Policia Civil do Pará identifica 50 suspeitos do "Dia do Fogo"

29/08/2019
Foto Divulgação/Foto WhatsApp
Foto Divulgação/Foto WhatsApp

Ao menos 50 fazendeiros, pecuaristas e contratados, identificados como responsáveis por atear fogo em matas da região amazônica, foram identificados pela Polícia civil do Pará e devem responder por crime ambiental. Ao chegarem ao local os policiais apreenderam motoserras, motocicletas e tratores ao que se sabe o "Dia do Fogo" foi convocado por grupo no WhatsApp, segundo informações do FiqueDeOlho Digital. Já a Polícia Federal que tem tido sua independência ameaçada, por interferência presidencial, ainda apura o Dia do Fogo e julga que a ação pode ter sido orquestrada. Conforme apuramos em nossa reportagem de (27) governo pode ser enquadrado como cúmplice do "Dia do Fogo" por não ter tomado nenhuma providência, mesmo recebendo informações dos planos que estavam sendo articulados com pelo menos três dias de antecedência. No Senado, governo não conseguiu impedir que um pedido de criação de uma CPI fosse apresentado para investigar a devastação na Amazônia e os seus responsáveis.