Polícia não consegue cumprir mandado de prisão contra Allan dos Santos

29/01/2022

Enquanto a polícia brasileira não conseguem nem incluir o nome do foragido Allan dos Santos, na lista da Interpol, nada o tem impedido de participar de eventos públicos, inclusive realizados dentro do Brasil. Ao lado de diversos parlamentares de direita, Santos vai participar, por videoconferência, do "1° Congresso de Direita da Transamazônica e Xingu", que acontecerá no dia 12 de março, em Altamira, no Pará. Na propaganda oficial do evento, Santos aparece ao lado de parlamentares federais, estaduais e estaduais e de produtores rurais. O evento no Pará é chancelado pelo presidente, já que a propaganda para a venda de ingressos tem a sua foto estampada. Duas semanas atrás, ao lado do ministro das Comunicações, Fábio Faria. Santos participou de um encontro nos EUA. Após o encontro, Faria declarou que, se soubesse da presença do blogueiro, não teria comparecido, o que aborreceu o blogueiro. O blogueiro é investigado em dois inquéritos, o de fake news e atos antidemocráticos. E enquanto a PF enfrenta dificuldades em cumprir o mandado de prisão contra Allan dos Santos, o blogueiro segue participando como convidado especial.